968565471077145
top of page

3 dicas para evitar riscos de acidente com a empilhadeira a gás

Confira dicas essenciais para operar a empilhadeira a gás e evitar acidentes laborais

O Treinamento de Operação Segura com Empilhadeira a Gás, realizado na última terça-feira (16), no Instituto Esser em Capivari de Baixo, tem por objetivo capacitar os participantes na operação correta e segura do equipamento.


Durante o treinamento, os colaboradores aprenderam sobre normas de segurança, operação segura, EPI e EPC, mecânica básica, conceito de empilhadeira, classes de empilhadeira, Norma Reguladora 11 (NR-11), transporte, movimentação e manuseio de materiais direção segura e regras de empilhamento.


Como evitar riscos de acidente com a empilhadeira a gás

Evitar riscos de acidentes com empilhadeiras a gás é fundamental para garantir mais tranquilidade e segurança em qualquer operação na indústria.

Afinal, quando não são tomadas as devidas precauções para evitar imprevistos, operar esse tipo de equipamento envolve certos perigos.

Inclusive, os riscos são maiores quando se trata de uma empilhadeira a gás, que precisa do gás liquefeito para funcionar corretamente.

Além disso, a fumaça do escapamento pode ser incomoda e prejudicial, seja pelo mau cheiro ou pelo calor que se espalham no ambiente a cada movimentação. Por isso, alguns cuidados são indispensáveis:

1. Use equipamentos de proteção para reduzir os riscos de acidente

Os equipamentos de proteção necessários para a operação das empilhadeiras a gás se dividem em Equipamento de Proteção Individual (EPI) e Equipamento de Proteção Coletiva (EPC).

Os EPCs são equipamentos instalados no posto de trabalho para proteger a todos que ali executam as suas tarefas. Os EPIs são equipamentos de uso pessoal, cuja finalidade é proteger o trabalhador contra os efeitos insalubres de agentes agressivos.

2. Observe as medidas de segurança recomendadas A fim de garantir uma utilização da empilhadeira sem riscos, esta deverá ser mantida em perfeitas condições de utilização e operação, de modo a evitar qualquer tipo de risco eventual. Antes de iniciar os trabalhos, verifique as condições da empilhadeira, como freios, volante, vazamento de óleos e de gás. Caso note qualquer falha ou dano com a máquina, comunique imediatamente seu supervisor.

3. Faça o checklist para minimizar riscos de acidente com a empilhadeira a gás Entre as atribuições do operador de empilhadeira, está a inspeção do veículo. Ela deve ser feita rotineiramente, antes do início das atividades do dia.

Essa inspeção, que é chamada de checklist, deve ser registrada todos os dias pelo operador, que deverá apontar toda e qualquer irregularidade, para que possa ser solucionada.

Nesse processo, é preciso verificar com atenção itens como freio estacionário, freios de serviço, calibragem dos pneus, correntes de elevação, mangueiras hidráulicas, filtro de ar, nível do óleo do motor, nível do óleo da transmissão, nível do óleo hidráulico, água do radiador e bateria.

Fonte https://www.movix.ind.br/como-evitar-riscos-de-acidente-com-empilhadeira-a-gas/

bottom of page